Transporte coletivo de Campina Grande já utiliza a biometria facial.

Com as presenças do superintendente da STTP,  Felix Neto, e do secretário de planejamento, Andre Agra, o Sitrans apresentou na manhã desta quinta feira, 10, a tecnologia da Biometria Facial.

O novo sistema de identificação de gratuidade que esta sendo implantado no transporte coletivo de Campina Grande, garante o uso adequado do benefício objetivando a redução de fraudes.

A apresentação foi feita pelo diretor institucional do Sitrans, Anchieta Bernardino, e aconteceu na empresa Transnacional, aonde vinte ônibus pertencentes a frota do Consórcio Santa Verônica já estão utilizando a biometria facial, dispensando a necessidade da digital dos usuários.

De acordo com o superintendente Félix Neto, o novo benefício é um cumprimento, pelos dois consórcios, as exigências de melhorias no sistema de transporte coletivo, conforme contrato licitatório de concessão do transporte coletivo.

O sistema de biometria facial permite verificar se o passageiro que está utilizando um cartão com direito a algum benefício é exatamente a mesma pessoa que fez previamente o cadastro para tal em um cartão que possui um código de identificação específico no qual constam informações referentes ao nome, idade e dados biométricos faciais. Em casos de uso indevido do cartão, a empresa pode adotar as medidas administrativas que achar necessária.

A aplicação da tecnologia no transporte público de Campina Grande resulta em benefícios diretos ao usuário e ao sistema, pois a redução das fraudes reduz também com os impactos negativos nas tarifas.

Também participaram da apresentação do novo sistema, as engenheiras Araci Brasil e Valeria Barros, técnicas do PlanMob da Prefeitura de Campina Grande.

Assessoria de Imprensa
10/08/17