Prefeitura inicia na próxima quinta-feira construção de base da Polícia Militar no Terminal de Integração

Atendendo uma antiga reivindicação dos campinenses a Prefeitura Municipal iniciará na próxima quinta-feira, 02 de agosto, a construção de uma base da Polícia Militar no Terminal de Integração de Passageiros. Nesta terça-feira, 31, representantes da Prefeitura Municipal, equipes da STTP e dos consórcios Santa Verônica e Santa Maria realizaram uma visita técnica ao Terminal de Integração, onde foram definidos o local e a data para o início dos trabalhos.

A implantação do equipamento, que será uma unidade de polícia ostensiva avançada, ficará sob a responsabilidade da Prefeitura Municipal, STTP e Sitrans.

O projeto descritivo já foi discutido entre as partes e a construção terá uma estrutura fechada de 35m² para o acolhimento dos policiais militares. No local terá sala de descanso, banheiro, copa, área descoberta para duas viaturas, sala de atendimento ao público montada com computadores, câmeras e compondo uma central tecnológica necessária para garantir a segurança dentro do Terminal de Integração, por meio de monitoramento e fiscalização eletrônica.

De acordo com o superintendente da STTP, Félix Neto, a partir do início da sua construção o prazo para entrega da obra e início da prestação de serviços à população será de aproximadamente 60 dias, conforme a execução do cronograma de ações. “É uma  reivindicação antiga da população, além de demanda discutida no próprio Conselho Municipal de Segurança, onde todos têm clamado por mais segurança naquele local”, disse o dirigente.

Concluída a construção da base, o prédio será entregue à Policia Militar, através do comandante geral, coronel Euller Chaves, que disponibilizará  às equipes de policiais efetivos destinados a fazer a segurança naquele terminal.

O trabalho de monitoramento de segurança no Terminal de Integração é realizado também com apoio da Guarda Municipal, que auxilia a Policia Militar através de rondas ou de viatura no local, o que tem inibido a ação de vândalos com a diminuição de roubos e crimes violentos.