Mentor do “Paz no Trânsito” do DF integra programação do Maio Amarelo em Campina Grande este ano

Mentor do revolucionário Programa Paz no Trânsito, que há vinte anos conseguiu criar um novo paradigma nas estatísticas do trânsito de Brasília, o diretor geral do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) do Distrito Federal, Henrique Ludovice, será um dos principais palestrantes da programação do “Maio Amarelo”, em Campina Grande. O superintendente Félix Araújo Neto, da Superintendência de Trânsito e Transportes (STTP), confirmou a presença de Ludovice no evento na tarde da última sexta-feira, durante visita à estatal, na capital federal.

Félix Neto foi recebido em audiência por Henrique Ludovice acompanhado do colega superintendente de Trânsito e Transportes de Patos, Aldo Moura Xavier Dantas e do gerente financeiro da autarquia, Cassius Bezerra. O jornalista Marcos Alfredo, coordenador de Comunicação da Prefeitura de Campina Grande, e o coordenador de Vendas do Serpro, Daniel Silva Antonelli, também estiveram presentes na reunião.

Durante a reunião, que também contou com a presença do engenheiro Maurício Marques, superintendente administrativo e financeiro do DER-DF, Henrique Ludovice fez uma explanação sobre como nasceu e se consolidou “Paz no Trânsito” durante a gestão do então governador Cristóvão Buarque, em 2007. Além de reduzir drasticamente as estatísticas negativas em relação ao trânsito de Brasília e das outras cidades satélites, o programa criou uma nova mentalidade entre os pedestres, motoristas e operadores do sistema no Distrito Federal.

Experiência positiva

Félix Neto explicou que a experiência exitosa do programa do DF é um parâmetro de alto nível para as metas que o prefeito Romero Rodrigues deseja para o trânsito de Campina Grande, a curto, médio e longo prazos. “Certamente os desafios e bons resultados alcançados com o programa nos ajudarão a elevar a outros patamares as conquistas na área que pretendemos em nossa cidade”, comemora o superintendente da STTP.